Rosácea Campinas

O que é Rosácea

O que é Rosácea?

A rosácea é uma doença vascular inflamatória de pele, porém crônica e incurável, cujos sintomas envolvem áreas de vermelhidão persistente ou transitória, principalmente nas áreas como bochechas, nariz, testa e queixo.

Quando os primeiros sintomas aparecem, podem ser confundidos com queimaduras solares. Conforme a doença se agrava, vermelhidão torna-se mais mais evidente.  A inflamação não é contagiosa.

A rosácea pode piorar ao longo do tempo, levando as mudanças permanentes na aparência e afetando a autoestima. Não há cura conhecida para a mesma, mas ela é tratável, com excelente controle.

Causas

causas rosácea
causas rosácea

As causas que levam o desenvolvimento da rosácea é desconhecida, mas estudos mostram para uma combinação de muitos fatores,  hereditários e ambientais, tais como anormalidades no sistema imunológico, reações inflamatórias a microrganismos da pele, lesões por raios ultravioleta e disfunção dos vasos sanguíneos.

Inúmeros fatores podem desencadear ou agravar a doença, aumentando o fluxo de sangue para a superfície de sua pele. Alguns fatores podemos citar:

  • Alimentos quentes ou bebidas
  • Alimentos picantes
  • Álcool
  • Temperaturas extremas
  • Exposição ao sol
  • Estresse, raiva ou vergonha
  • Exercício extenuante
  • Banhos quentes ou saunas
  • Uso de corticosteróides
  • Uso de medicamentos que dilatam os vasos sanguíneos, incluindo alguns medicamentos para pressão arterial.

Tipos

Existem quatro subtipos :

  • Eritêmato telangiectásica (Subtipo1) é o tipo de rosácea mais comum
  • Rosácea pápula pustular (Subtipo2) tem sintomas parecidos com espinhas
  • Rosácea fimatosa (Rinofima) (Subtipo3) a pele do rosto fica mais espessa
  • Rosácea ocular (Suptipo4) causa ressecamento nos olhos

Fatores de risco

Os seguintes grupos são considerados de maiores riscos em desenvolver a rosácea:

  • Pessoas entre 30 e 50 anos de idade
  • Pessoas de pele clara, com cabelos loiros e olhos azuis
  • Descendentes de celtas ou escandinavos
  • História familiar de rosácea
  • Histórico de acne grave no passado
  • Mulheres (no entanto, os homens também podem desenvolver rosácea e tendem a ter sintomas mais graves).

Tratamentos

tratamentos para rosácea campinas

Embora não exista cura para a rosácea, mas há tratamento e controle, com muitos avanços recentes, capazes de aliviar bastante os sinais e sintomas. Os sintomas da rosácea podem variar de uma pessoa para a outra, e, assim, o tratamento deve ser prescrito pelo médico, individualmente.

O laser ou a luz pulsada são excelentes para o tratamento das telangiectasias (Subtipo1). Para o rinofima (Subtipo3), pode ser utilizado a radiofrequência, dermoabrasão ou laser. Segundo, o médico Danilo Siqueira Talarico, da Clínica Bela Pele, de Campinas “O laser é excelente no tratamento, pois diminui os poros ou os vasinhos dilatados”.

Quanto a utilização de dermoabrasão, o médico é enfático ao afirmar: “Nos graus mais graves de rosácea, pode ser necessário a utilização da dermoabrasão na recuperação da aparência da pele do paciente. A dermoabrasão age como uma esfoliação ou lixamento da pele, para a retirada da camada mais superficial da derme”

Além de evitar os fatores agravantes e seguir o tratamento indicado pelo dermatologista, importante que o paciente adote hábitos simples ajuda a combater a pele, como o uso diário de protetor solar.

Tratamento rosácea campinas
Tratamento rosácea campinas