Hygialux: a eficácia da fototerapia capilar no tratamento da calvíce e queda capilar.

O tratamento capilar com luz de LED, também conhecido como Fototerapia ou Fotoestimulação, reúne inúmeras vantagens, a começar pelo seu campo de atuação, que compreende desde o trato da calvície e dermatite seborreica ao fortalecimento estético dos fios.

Indolor e sem restrições, a fototerapia capilar tem ação anti-inflamatória e vasodilatadora, o que garante a saúde do couro cabeludo, e logo, o crescimento do cabelo com muita eficiência e celeridade.

O médico Drº Danilo Siqueira Talarico faz uso da Fotoestimulação em sua Clínica BelaPele em Campinas-SP e destacou os principais benefícios desta técnica, inclusive, as indicações e associações que tornam o processo ainda mais satisfatório.

Hygialux, o LED multieficiente

Antes de citar os benefícios e indicações, o médico explicou que há diferenças, tanto na atuação do LED, como nos resultados, devido ao tipo de equipamento utilizado.

Atualmente, um dos aparelhos de LED mais modernos do mercado é o Hygialux, que faz uso de três comprimentos de luzes (vermelho, infravermelho e azul), a fim de direcionar o foco em diferentes áreas, de acordo com a finalidade do tratamento.

Na clínica BelaPele, o especialista em tratamentos capilares utiliza o Hygialux, devido a alta tecnologia empregada e a possibilidade de abranger diferentes tipos de ação com um único equipamento.

Os tratamentos das mais diversas condições capilares com o LED Hygialux é extremamente eficiente, visto que suas diferentes luzes atuam diretamente na região que necessita de estimulo, como destacado abaixo:

  • Azul: A luz azul é absorvida pelas camadas superficiais da epiderme e age diretamente contra bactérias, por isso é mais indicada para tratar casos graves de acne, dermatite seborreica e foliculite.
  • Vermelha: Já a luz vermelha é absorvida pela melanina e possui ação bioestimulante e regeneradora. Ela também pode ser usada para acne, pois tem propriedades anti-inflamatórias, entretanto, é a opção mais indicada para tratamento de queda capilar. 
  • Infravermelha: A luz infravermelha é absorvida pela água da pele, atingindo as camadas mais profundas e além de possuir efeito térmico anti-inflamatório, favorece o metabolismo celular.

Como o LED age no couro cabeludo

De acordo com o médico tricologista, a luz do LED ativa as estruturas intracelulares, denominadas mitocôndrias, que são responsáveis pela energia das células. “Esta ativação aumenta o fluxo de sangue e oxigênio diretamente no couro cabeludo. A vasodilatação e oxigenação que ocorre, otimizam a distribuição de nutrientes na fibra capilar, resultando na reparação de danos e estimulo ao crescimento e fortalecimento dos cabelos”, explica o médico.

O Hygialux também promove outros benefícios, além do crescimento e fortalecimento dos fios, entres eles:

  • Eliminação de toxinas
  • Melhora da cicatrização
  • Aumento da síntese proteica (colágeno e elastina)
  • Redução da inflamação
  • Redução da oleosidade
  • Normalização da descamação do couro cabeludo

As principais indicações da Fototerapia com Led Hygialux

Como detalhamos abaixo, a Fototerapia é um dos principais e mais eficientes tratamentos para patologias capilares, entretanto, vale ressaltar que o Hygialux também é utilizado para protocolos faciais como redução de rugas finas, fotorrejuvenescimento, acne, micoses de unha e cicatrização.

Confira as principais indicações de uso do Led Hygialux para benefícios capilares:

  • Redução da progressão da calvície (Alopecia Androgenética) em graus iniciais e intermediários
  • Tratamento do Eflúvio telógeno agudo e crônico (queda de cabelo), que pode ocorrer pós-traumas, uso de medicamentos, doenças e gravidez
  • Associação pós-cirúrgica de transplante capilar, a fim de potencializar a cicatrização e saúde dos novos fios
  • Coadjuvante no tratamento da dermatite seborreica através da ação anti-inflamatória, que reduz a oleosidade e coceira do couro cabeludo
  • Fortalecimentos de fios finos e frágeis por estética ou prevenção

Ainda segundo o tricologista, o número de sessões de Fototerapia com o Led Hygialux varia, de acordo com o tipo de problema a ser tratado e objetivos do paciente, sendo definido após uma minuciosa avaliação pelo médico especialista.

Visto que o Higialux é um laser de baixa intensidade, totalmente seguro, o retorno às atividades cotidianas pode ser feito imediatamente após a sessão.