As verrugas, muito comuns em crianças e adolescentes, são causadas pelo HPV (papiloma vírus humano) e a contaminação pode se dar por via direta ou indireta. Por serem contagiosas, podem se espalhar pelo corpo através da auto-inoculação.

Apesar de não apresentarem um perigo para a saúde, as lesões podem ser inestéticas, principalmente à medida em que aumentam em tamanho e número. Em crianças, é comum observarmos que as lesões são motivo de vergonha e até bullying, causando muito constrangimento aos pequenos.

Os tratamentos disponíveis são variados e efetivos, devem ser escolhidos por um médico e o recomendável é iniciar o tratamento o quanto antes. Fator importante é nunca fazer uso de medicações sem prescrição e orientação médica, pois podem queimar e ferir a pele, sem retirar a verruga. Dos tratamentos caseiros, as famosas “simpatias” são as únicas liberadas e sem restrições.