É uma doença crônica da pele, acomete principalmente a região central da face com vermelhidão (eritema), vasinhos superficiais da pele dilatados, pápulas e eventualmente pústulas. Tem alguns fatores desencadeadores e agravantes como estresse, alterações hormonais, predisposição genética, alteração brusca de temperatura, ingestão de álcool, comidas quentes, exposição solar e uso de medicações vasodilatadoras ou fotossensibilizantes.

Exige acompanhamento dermatológico frequente com uso de medicamentos tópicos e\ou orais, existindo ainda, alguns procedimentos estéticos que melhoram os aspectos decorrentes das lesões vasculares existentes como o Laser.