Popularmente chamado de “sinais” ou “pintas” de pele, estas lesões são normalmente nevos melanocíticos. Podem ser de diversos tipos e é primordial o acompanhamento com dermatologista, isto porque, alguns nevos apresentam características que indicam a necessidade de sua retirada. Já outras lesões, incomodam os pacientes pela localização, com traumatismos recorrentes ou então, por serem inestéticas.

Os procedimentos para remoção dos nevos, a depender da indicação médica, após anestesia local, podem ser:

— corta-se a lesão paralelamente a pele (shaving) e procede-se eletrocoagulação da base da lesão;

— faz-se uma incisão em fuso ao redor da lesão, retira-se a pele toda naquele local, e sutura.

É importante lembrar, que qualquer procedimento cirúrgico deixará uma cicatriz no local de abordagem, o intuito é sempre usar técnicas adequadas, visando o melhor resultado estético possível, mas a cicatriz não é possível ser evitada.