Causados por dois vírus muito comuns na população, algumas pessoas desenvolvem a doença com quadros que são muito incômodos, dolorosos e podem deixar marcas, sendo ainda mais exuberantes e sintomáticos nos casos de herpes genital. O tratamento medicamentoso em doses corretas e pelo tempo adequado traz maior taxa de sucesso ao tratamento, por isso, devemos sempre realizar tratamento com dermatologista e evitar a auto-medicação.

Nos casos de herpes recidivante, dispõe-se de alternativas para melhorar a resposta imunológica do paciente e reduzir as crises, já que o vírus fica incubado desde o primeiro contato para o resto da vida.