Este procedimento consiste em “entregar medicamentos”, ou melhor, princípios ativos através da epiderme, às células da derme. Estas substâncias necessitam transpor algumas camadas mais superficiais da pele e por isso, o drug delivey normalmente está associado a algum outro procedimento médico como microagulhamento, MMP, IPCA, laser ou intradermoterapia.

As substâncias a serem usadas nos procedimentos variam do objetivo do tratamento, sendo possível tratar: estrias, gordura localizada, celulite, melasma, eflúvio telógeno, alopecia androgenética, quelóides e outras tantas patologias. É importante lembrar que algumas características da substância usada são essenciais para que ela realmente seja capaz de permear a pele, por isso, devem-se usar produtos confiáveis e de boa qualidade.